Se sua vida fosse um filme. Qual seria o enredo? por Elaine Rodrigues

"Você vive hoje uma vida que gostaria de viver por toda a eternidade?” Friedrich Nietzsche

 

O tema pode variar às vezes, eu sei! Tirando os trechos recheados com drama, ficam as comédias, os romances, o suspense e toda aquela ação.

Existe algo comum a todos os seres humanos. Todos estão buscando um final feliz. Quando na verdade poderíamos viver “finais felizes” todos os dias.

A maioria de nós ergue os olhos para enxergar com o coração, quando estão mergulhadas na emoção. Nem sempre boas emoções! É muito fácil viver a intensidade quando se vive o drama. Durante o drama ficamos mais emotivos, conectado aos sentimentos. Acontece quando se perde o emprego, um ente querido, um amigo ou quando um relacionamento chega ao fim. Nesses momentos o orgulho vai embora, as certezas desaparecem, nos aproximamos da família como nunca, os amigos ficam extremamente necessários e também se provam como verdadeiros amigos. Passamos a enxergar melhor a vida, fica claro onde erramos e acertamos e desejamos loucamente nos transformarmos em pessoas melhores. Torcemos para que novos capítulos de romance, ação, aventura, suspense e comédia sejam escritos em nossas vidas para que finalmente possamos viver as lições aprendidas, para viver a pessoa melhor que nos tornamos. A verdadeira recuperação de fé na vida. É a nossa experiência única da “Jornada do herói”.

Então, toda a confusão mental que nos impede de separar de forma clara o que é passado, presente e futuro faz com que nossa história sofra alterações entre real e irreal por viver a oscilação de “quando minha vida era...” ou “quando eu for, tiver ou ser....assim ou assado” nos impedindo de prestar atenção no aqui e agora.

O passado e o futuro tem poder para nos limitar ou nos impulsionar. Devemos nos lembrar do passado, gratos pelo aprendizado que nos tornou quem somos hoje e olhar para o futuro com a esperança e coragem para criar histórias felizes com o enredo que escolhermos.

Lembrando que as escolhas de hoje serão o passado resultado no futuro.

Quem nunca disse ou ouviu alguém dizer: “Minha vida daria um filme, uma novela, um livro...” Isso por que do momento em que nascemos até hoje e até o fim de nossas vidas vivemos uma trama complexa, cheia de idas e vindas, de diferentes experiências e lembranças, uma narrativa única!

Quando entendemos a verdadeira magia da vida, o quão extraordinário é se perceber como um ser único, protagonista do melhor filme já assistido: “o seu”.

Saber que como autor e diretor da própria história, você pode mudar tudo o tempo todo a qualquer momento. Todos os dias histórias se cruzam, enredos se misturam, pessoas cuja existência é ignorada num dia se torna protagonista de sua história no dia seguinte. Todos os dias nos despedimos de pessoas que cumpriram seu papel e agora vão escrever outros capítulos de sua história em outro lugar com outros protagonistas. Todos os dias damos boas vindas a outros personagens, alguns de passagem e outros que irão fazer parte do seu enredo.

É hora de lembrar e respeitar que cada história, a minha, a sua e a de todos com quem nos conectamos são narrativas interessantes, dignas de atenção.

É hora de nos desafiarmos a adotar mais generosidade conosco e com os outros. Dar atenção aos detalhes e construir enredos dignos de um óscar por uma vida bem vivida.

É hora de aprender que não se pode banalizar a vida e que podemos ser melhores sempre por que erros, acertos, escolhas, desafios, amores, desamores, encontros e desencontros fazem parte da vida...faz parte do enredo de todas as histórias.

Bem, se você está lendo esse artigo é porque de alguma forma somos protagonistas desse mesmo capítulo de nossos filmes, no aqui e agora. Então, esteja você só de passagem ou seja você um personagem do meu filme, eu agradeço pela escolha gentil de fazer parte da minha história.

Então, o que vai ser hoje? Comédia, romance, ação, suspense...a escolha é sua. Depende da maneira como você vê e quer viver o seu filme!

                                                                                 

 

Elaine Rodrigues

Graduada em Gestão Empresarial e Negócios com Especialização em Gestão por Competências pela Fundação Getúlio Vargas. Executiva com 15 anos de experiências em Gestão de Pessoas, atuando em Desenvolvimento de Liderança, Gestão de Mudanças, Planejamento Estratégico, Seleção de Executivos e Coaching. Coach certificada internacionalmente pela Sociedade Latino Americana de Coaching e Master em Programação Neurolinguística pela American Board of NLP no Master Solution Institute.

* elaine.rodrigues@adamantinus.com.br

 

 

 

 

Da paixao

 

Sentimento que corrói a si, singelo, simples e carnal.

 

Atingindo toda classe, todos os credos, irracional.

 

Malicia inocente, esperança valente.

 

pois na mente que não mente quando chora,

 

Chora por chorar e ri de si mesma

 

Que nada vê de mal no outro que adora,

 

Que adora o mal daquele que vê, o outro ser

 

Simples cântigo de alma contaminada pelo complexo do ter,

 

E é o simples, o útil e o ilimitado querer

 

Que soa nítido a alma ríspida do canto sem saber.

 

O céu é o tema, do sonhar profundo,

 

Do respirar curto e inútil poema.

 

Só quero o breu, cansado do cansaço, de ser apenas eu.

 

Prólogo inútil da alma atingida, oferecida aos flagelos que recebeu.

 

Queima morte sangrenta, da vida parenta que a acolheu,

 

Cai por terra a vaidade, cínica verdade do mero acaso,

 

Triste capricho do destino submisso aos encantos do atraso.

 

Afligida alma que resgata a coragem do pó que lhe abateu,

 

Bate a poeira do eira sem beira,

 

Olha nos olhos do pecado, devora a carne que o acolheu,

 

Tu semblante do bem num reflexo do mal,

 

Força caprichosa, devastadora fúria de eixo carnal,

 

Irremediável atração, fictícia e real

 

ao mesmo tempo afaga a pele e a alma

 

da dor visceral.

 

Autor: Claudinei Junior

 

Artigo - A travessia e o destino! 

por Elaine Rodrigues

 

"Tudo acontece por algum motivo. Para cada causa há um efeito, e, quer você saiba ou não, cada efeito foi gerado por uma ou várias causas. Não existem acidentes.” Brian Tracy                                                                                             

 

É libertador e reconfortante tomar consciência de que a vida é uma travessia, um caminho a ser percorrido.

Às vezes bons, às vezes não tão bons...a vida é assim feita de momentos.

É a consciência hoje madura de que tudo é aprendizado.  Podemos olhar para trás e perceber que a vida é uma somatória de aprendizados!

É preciso prestar atenção e entender que as conexões acontecem no futuro, é preciso acreditar que, certas ou erradas, são escolhas.

As escolhas que fazemos é que nos aproximam ou nos afastam do nosso destino.

Por isso se torna fundamental em algum momento da vida, responder a uma pergunta muito importante: “O que você quer?”

A resposta para essa pergunta fará com que mantenha o foco. É um excelente termômetro para sua vida. É por essa resposta que deve guiar suas decisões, medir se está no caminho certo.

Por essa resposta defenderá seus princípios, se manterá leal a seus objetivos e mesmo diante dos altos e baixos da vida, jamais perderá a fé!

Bom ou ruim nada dura para sempre. Essa percepção é fundamental para manter o equilíbrio.

Todos já passamos por bons e maus momentos em algum ponto da vida iludidos de que o mal e a dor durariam para sempre até aprendermos que: relacionamentos acabam, negócios e carreira passam por fases difíceis, vivemos encontros e despedidas, nos superamos e evoluímos, mudamos o tempo todo!

Assim como todos também possuímos memórias maravilhosas de momentos inesquecíveis. Podemos, agora mesmo, fechar os olhos e viajar em nossas lembranças para outro momento que um dia sonhamos nunca chegaria ao fim. E não chega, por vive em nós eternizados em nossas lembranças.

A experiência nos agracia com a sabedoria de que para sair de uma fase ruim, mais do que a tomada de consciência de que tudo tem começo, meio e fim; é preciso agir.

A ação promove o encontro de novas opções, com novas opções é possível fazer novas escolhas e é assim que se inicia uma nova travessia!

Seja qual for o seu ou o meu momento, saibamos agir rápido o suficiente para que momentos ruins durem não mais que o necessário e renovemos sempre tudo que for bom para durar o maior tempo possível se tornando ainda mais eternos em nossas lembranças.

 

Lembre-se! Todos nós estamos indo para algum lugar no destino num futuro criado por nossas escolhas. A maravilha, portanto, é que os destinos são pontuais, enquanto o caminho é uma imensidão de infinitas possibilidades!

 

Desejo que você faça sempre boas travessias!

 

 

Elaine Rodrigues

Graduada em Gestão Empresarial e Negócios com Especialização em Gestão por Competências pela Fundação Getúlio Vargas. Executiva com 15 anos de experiências em Gestão de Pessoas, atuando em Desenvolvimento de Liderança, Gestão de Mudanças, Planejamento Estratégico, Seleção de Executivos e Coaching. Coach certificada internacionalmente pela Sociedade Latino Americana de Coaching e Master em Programação Neurolinguística pela American Board of NLP  no Master Solution Institute. * elaine.rodrigues@adamantinus.com.br

 

Home-based! Empreenda com sucesso!

 

Ter um negócio próprio é sonho da maioria dos brasileiros e muitos se arriscam nessa trajetória que pode dar certo quando o empreendedor está atento a aspectos importantes de um negócio com esse formato.

Cresce o número de profissionais brasileiros que optaram por negócios home-based. Sucesso em muitos outros países, hoje são mais de 4 milhões de brasileiros com escritórios em casa.

Trabalhar home-based requer mais que uma bela ideia. Esse profissional deve ter disciplina, organização, motivação e compreender que na maior parte do tempo estará sozinho(a) e todas as decisões são suas.

E se por um lado é uma trajetória com mais liberdade de atuação; tudo que é bom pode se transformar cilada. Daí a importância de levar em consideração que:

 

 Para quem deseja ingressar nessa trajetória ou já vive essa realidade pode se orientar por alguns passos importantes:

1)      Qual é o seu objetivo com esse negócio? No que você vai ou está empreendendo?

2)      Qual é o seu plano de ação?

3)      Que estratégias e recursos possui que o ajudará a atingir seus objetivos?

4)      Que estratégias e recursos não possui e que seriam importantes para atingir seus objetivos?

5)      Que impacto essa fase terá em sua vida e na vida das pessoas com quem se relaciona?

6)      Quem são seus parceiros?

7)      Que evidências terá de que está se aproximando de sua meta?

 

Essas e outras perguntas podem direcioná-lo(a) para uma trajetória mais promissora e com a ajuda de um Coach é possível trabalhar ainda mais profundamente cada um desses pontos importantes para realização de seu sonho. Para uma meta como essa é importante se aprofundar e levar em consideração cada detalhe, pois vai muito além de uma ideia em mente. Para ser um empreendedor de sucesso é preciso levar em consideração todos os aspectos estratégicos de um negócio, se antecipar aos fatos, conhecer o mercado, descobrir o que ainda não sabe.É muito comum num primeiro momento se direcionar para aquilo que já conhece, para o caminho que já trilhou e isso traz conforto e segurança. Porém, ser empreendedor é entender o todo e isso significa atuar em outras áreas do seu próprio negócio.

Um Coach fará perguntas com abordagem estratégica levando em consideração todos os aspectos de uma mudança tão importante; direcionando seus pensamentos e suas ações para atitudes de sucesso.

É um caminho desafiador e sim nem tudo é “mar de rosas”. Os obstáculos surgirão, a diferença é que o empreendedor(a) de sucesso estará preparado(a), manterá o foco, disciplina, atitude e metas bem formuladas. Acreditar e trabalhar com responsabilidade para alcançar seus objetivos é fundamental!

 

Algumas dicas importantes:

Elaine Rodrigues

Presidente da Adamantinus Soluções Corporativas

Graduada em Administração de Empresas com Habilitação em Gestão Empresarial e Negócios. Especialização em Gestão por Competências, Master em Programação Neurolinguística e Master Coach Certificada Internacionalmente pela Sociedade Latino Americana de Coaching.

Escritora, participou como Co-autora do Livro Leader Coach pela Editora França e publica artigos sobre Desenvolvimento Humano nos mais diversos canais de comunicação.

Atua como Executive Coach & Life Coach atendendo clientes dos mais variados ramos de atuação. Membro da Sociedade Latino Americana de Coaching, ABRH-SP Associação Brasileira de Recursos Humanos e da BPW-Associação de Mulheres e Profissionais de Negócios de São Paulo. ( (11) 7304-5397 *adamantinus@adamantinus.com.br

Equilíbrio - Desperte seus sentidos

Por Elaine Rodrigues

 

  

"O verdadeiro prazer vem da atividade da mente e do exercício do corpo: as duas coisas estão sempre juntas." Alexander Von Humboldt

   

Recentemente, durante meu treino esportivo no Ibirapuera, meu Personal Trainer me desafiou a realizar um exercício de equilíbrio.

O exercício parecia simples e tinha como objetivo me equilibrar sobre um caminho de aproximadamente 8 metros formado por madeira na espessura de 5 cm a distância de 30 centímetros do chão. Simples, não?

Segundo ele, muitos alunos não conseguem sequer tirar o pé do chão. Como sou movida a desafios, topei na hora!

No início precisei de ajuda para me manter com o corpo reto e seguir em frente. Desequilibrava e caia. Então começava tudo de novo. Em determinado momento imagens e vozes tomaram conta de meus pensamentos e logo me lembrei de um momento específico

em que costumo me sentir centrada e alinhada mental e fisicamente. Esse sentimento é uma âncora que me leva para um estado de equilíbrio. Respirei fundo, me equilibrei primeiro mentalmente para somente depois entrar em equilíbrio com meu corpo e finalmente percorrer todo o caminho. Desde então adoro esse exercício!

Dia desse ele me disse já que está fazendo graça, vamos elevar o desafio. Agora faça de olhos fechados e me lembrou que meu corpo tem o registro dessa atividade por isso, é preciso confiar.

Hoje percorro o caminho de olhos fechados e até me arrisco em algumas manobras. Isso, por que o equilíbrio está em mim, está na

confiança em quem sou e de que corpo e mente são sistêmicos por isso antes de buscar o equilíbrio físico é fundamental encontrar o

equilíbrio da mente.

 

E somente depois podemos transferir esse equilíbrio para nossas relações pessoais e profissionais.

Então, o que podemos definir como equilíbrio? Essa palavra tão bonita e cheia de credibilidade?

Como transportar para o dia a dia algo tão fundamental para nos tempos atuais em que convivemos diariamente com estresse e tantos outros malefícios que prejudicam a saúde e conseqüentemente os resultados dos projetos sejam eles pessoais ou profissionais.

Bem, para começar é importante entender que o equilíbrio nasce no interior de cada um de nós. É impossível conquistar equilíbrio externo sem antes encontrá-lo internamente.

Ao contrário do que possa pensar a responsabilidade pela forma como reage e acaba se comportando diante dos fatos é escolha sua

e não dos outros.

Como mente e corpo são sistêmicos; manter o equilíbrio significa conhecer e dominar a si mesmo.

3 segundos, esse é o tempo de reação a algo ou alguém! Rápido demais, não? Daí a importância de si compreender, aprender a lidar com suas vozes e imagens internas, manter diálogo interno saudável e adotar comportamentos diferenciados.

Lembre-se você ainda estará exposto à ambientes e pessoas com mapas diferentes. E como cada um de nós passou por experiências de vida diferentes e vivemos um tempo diferente de evolução, a que

se levar em consideração diferenças como cultura, ambiente, famílias, relações, educação, etc. Então como promover mudanças

externas com esse nível de complexidade?

Mágica? Não.

A realidade a sua volta se transforma quando você promove uma mudança interna. Essa mudança por si só provoca resultados diferentes em todos com quem convive.

Conhecer a si é uma vantagem enorme sobre os demais e também uma responsabilidade diferenciada.

Ao mesmo tempo em que o deixa em situação de catalisador de mudanças com um poder incrível, também o deixa na condição de

exemplo e força por ser a pessoa com mais recursos. Uma vez realizada essa descoberta, torna-se impossível abrir mão desse poder de transformação.

Sendo assim torna-se também fundamental ser ético e alinhado com seus propósitos.

Na Programação Neurolinguística você aprende como melhorar ou desenvolver ferramentas altamente eficazes de alinhamento interno. Esse conhecimento é fundamental para quem deseja promover mudanças internas e encontrar equilíbrio mental e físico.

 

Essas ferramentas podem ser aplicadas em qualquer área da sua vida e é fundamental para realização de metas e objetivos pessoais e profissionais.

E o Coaching pode ajudá-lo a entrar em contato com seus próprios recursos e estratégias para alcançar melhores resultados pessoais e/ou profissionais durante a realização de suas metas.

Elaine Rodrigues

 

Comunicação:  a chave para excelência nas relações!

Por Elaine Rodrigues

 

 

 

“Cada segundo é tempo para mudar

tudo para sempre”. Charles Chaplin

 

 Ouvi recentemente de uma amiga que um executivo a disse algo que jamais esqueceu. Ao se referir sobre a forma como as pessoas se relacionam ele disse: “Contrato excelentes profissionais, os mais bem preparados, com foco em resultados e muito potencial. Todos têm um currículo invejável. É uma pena que a pessoa vem junto.”

Interessante! Percebo que a comunicação é um dos pilares mais fortes de relacionamento pessoal e profissional.

E a qualidade da comunicação define a qualidade dos relacionamentos em qualquer área de sua vida.

Então, como ter uma comunicação assertiva e obter excelência nas relações pessoais?

Todos nós interpretamos a realidade da nossa forma. Tudo que somos é fruto de tudo que vivenciamos. É o resultado do que captamos por meio de nosso sistema representacional (Visão, Audição, Cinestesia, Olfato e Gustação) e filtros (metaprogramas, valores, crenças, experiências). Tudo isso gera uma representação interna, que nos leva um estado, que gera a fisiologia e consequentemente o comportamento.

Todos nós passamos por esse processo que é automático e leva apenas alguns segundos para acontecer.

Nesse processo observo duas coisas importantes que são fundamentais no entendimento do que é uma comunicação de excelência.

 

  1. Durante a comunicação, você emite uma mensagem e alguém recebe a mensagem. Ou seja, a qualidade da comunicação está diretamente ligada à forma como você interpreta a realidade e sua mensagem influencia aquele que a recebe que por sua vez possui sua própria interpretação da realidade.
  2. Ao alterar qualquer informação que anteceda ao processo de interpretação da realidade, a mudança se processa de forma sistêmica e o processo é o mesmo e no final sua mensagem influencia aquele que a recebe.

 

Uma pessoa que se comunica de forma assertiva obtém excelência nas relações por que entende os princípios de uma relação de respeito.  Os melhores em comunicação seguem o caminho para ação se baseando em:

 

 A maioria das pessoas pecam na comunicação e criam situações de conflito por que se prendem ou ao silêncio ou à agressividade.

Fui ao cinema um dia desses e me deparei com uma cena na porta do banheiro feminino que me deixou reflexiva. Duas mulheres discutiam para usar o banheiro. Enquanto uma gritava que a outra não respeitava, a outra gritava que estava atrasada e não tinha tempo para isso, e a outra gritava que estava apertada, e a outra gritava...enfim passaram se mais de 10 minutos e a discussão continuava e eu observava atentamente como um cientista observa uma experiência inédita. Fiquei me perguntando se elas

faziam idéia de que o tempo que perderam discutindo daria para utilizar o  banheiro 2 vezes cada uma, ou seja, perderam o dobro do tempo por que deram mais valor a uma boa briga do que a uma comunicação saudável. Como seria se uma das duas tivesse apenas compreendido a intenção positiva da outra?”

Uma reflexão sobre nosso comportamento! Quanto tempo perdemos discutindo sobre o que foi feito (passado) ou o que fazer (futuro), quando poderíamos avaliar de forma mais profunda sobre “O que, quando, onde, como, por que  e partir para uma comunicação mais assertiva e um comportamento melhor? Quanto tempo é necessário para compreender a intenção positiva do outro? Quanto tempo leva para me colocar no lugar do outro e entender que talvez, somente talvez eu poderia não gostar de um determinado comportamento e isso seria uma grande diferença nos meus relacionamentos? Eu garanto que seria menos tempo do que consertando as tantas bobagens que fazemos ao perder a cabeça e magoar as pessoas que amamos!

É preciso respeitar, fazer escolhas mais assertivas, nos colocar no lugar do outro, elevar as relações a patamares mais saudáveis sem a desculpa de que estamos estressados, a vida é dura, o mundo é isso ou aquilo e sempre partindo do principio que o outro sai de casa com a missão de acabar com nosso dia. O mundo não é assim, nós fazemos nosso mundo ser o que queremos que seja. Que tal tornar seu mundo e o mundo das pessoas que você ama um mundo bem melhor?

Veja, não significa se tornar passivo diante das situações que merecem atenção e ação, significa compreender o todo e encontrar novas soluções.

Como seria ter recursos e estratégias para se comunicar de forma mais assertiva e se relacionar de forma mais saudável?

 Programação Neurolinguística é uma ferramenta de desenvolvimento sustentável que promove essa mudança. Você aprende como melhorar ou desenvolver uma comunicação altamente eficaz e manter relações de qualidade seja na vida pessoal e profissional. Fica a dica! 

E ao menor sinal de conflito na comunicação, lembre-se todos estão fazendo o melhor que podem com o que têm e sempre existe uma intenção positiva. Descubra qual é e seja mais feliz!

 

Elaine Rodrigues

( (11) 7304-5397

*elaine.rodrigues@adamantinus.com.br

www.adamantinus.com.br      

Skype: coachelainerodrigues

 

Mudanças para um caminho de sucesso!

Por Elaine Rodrigues

 

 

 

 

“Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.” Fernando Pessoa

 

 

Você já parou para pensar que você passa a vida inteira mudando? Você muda de roupas, muda o estilo, muda o cabelo, muda de carro, de casa, de escola, de emprego, muda de profissão, muda os amigos, namorada, muda o caminho, muda as idéias. O que me leva a concluir que a vida é uma mudança constante. Então, por que a mudança é para muitos algo tão assustador?

A mudança só é assustadora por um motivo: Saímos da zona de conforto, perdemos a segurança, o domínio da situação e passamos a navegar pelo desconhecido.

 

Tecnicamente a mudança passa por um processo representado pela curva da mudança. Durante esse processo o indivídui passa pela negação, raiva, negociação, aceitação do inevitável, exploração das possibilidades e integração.

  

O que muda quando você observa esse processo?

Ao conhecer cada estágio fica mais fácil saber o que fazer? Como seria partir direto para exploração das possibilidades?

Sendo assim, como podemos transformar um processo de mudança em algo prazeroso?

Sei que alguns podem pensar que estou sendo sonhadora, mesmo assim arriscarei afirmar que eu adoro mudanças. É fato que inicialmente podem trazer desconforto, agora passado o estágio principal a mudança é uma excelente oportunidade de crescimento. Claro que tradições e situações de segurança e que já apresentam excelentes resultados podem e devem fazer parte de nossas vidas.

Já as mudanças carregam em si o poder de transformação, de potencializar recursos, de desenvolvimento pessoal. Para enxergar essas oportunidades é necessário ampliar sua visão. Perceba que se mantiver o foco no problema, jamais vai enxergá-lo como desafio. Quando se percebe uma situação como desafio, você automaticamente se questiona e seu cérebro só tem uma alternativa: buscar outras opções.

Nessa busca por novas opções surge algo maravilhoso chamado inovação que é a capacidade de encontrar novas soluções, novos meios, novas percepções do todo. Essa atitude por si só ativa sua criatividade e é assim que a mudança deixa de ser um monstro para se tornar um desafio prazeroso.

Veja como uma situação muda de acordo com o pensamento que se tem sobre a mesma. A partir do momento em que você diz para si mesmo, ok essa é a situação e o que eu posso fazer a respeito? De que forma essa situação me aproxima ou me afasta daquilo que quero? O que eu posso aprender aqui e agora que fará diferença no resultado final?

O que diferencia a atitude de uma pessoa com esse pensamento de pessoas que pensam de forma negativa, reativa ou pior que se quer pensam a respeito, preferem viver “encima do muro”; é que essa pessoa está conectada com algo ainda maior.

Você se sentiria mais confortável com as mudanças, mesmo com o desconforto temporário se tivesse clareza sobre por que estão acontecendo, quais são os ganhos e perdas envolvidos nesse processo e de que forma tudo isso aproxima você de suas metas?

Seu nível de consciência e percepção sobre as coisas e as pessoas pode ajudar nessa análise fundamental para seu sucesso.

Quando você tem uma meta e trabalha com objetivos em mente aprende que as diversas situações que surgem no dia a dia sejam elas mudanças pequenas ou mudanças complexas, são oportunidades  por que sempre existe algo importante a si aprender. Muitas coisas podem não fazer sentido até que você se pergunte “O que posso aprender agora?”

Lembre-se da mesma forma que suas escolhas no passado te trouxeram até o momento presente, a forma como se comporta diante  de todas as situações agora afetará a qualidade do futuro que pretende ter.

Encarar processos de mudança como oportunidades de crescimento o faz desenvolver novas capacidades, vivenciar experiências diferenciadas, aprender mais sobre seus próprios recursos e estratégias  e ter uma vida plena. Isso por que você passa a viver intensamente todos os momentos . Tudo isso contribui para que você seja uma pessoa melhor, com experiências indescritíveis.

Você nasceu indefeso, não sabia falar, andar, se vestir, comer e um dia tudo isso mudou. Fez vários cursos, faculdade, conseguiu o primeiro emprego, conquistou a primeira namorada, talvez tenha tido filhos ou talvez ainda venha a ter. Outras grandes mudanças aconteceram na sua vida, correto? Não foram essas mudanças que definiram quem você é hoje?

Da próxima vez que estiver passando por mudanças, independente da proporção, lembre-se você tem grande experiência no assunto, pois a mudança é uma constante que faz parte da vida de todos nós.

O que vai diferenciar se terá sucesso ou não, são as escolhas que faz e a forma como encara o desafio.

Siga em frente, tem um futuro lindo esperando por você! Afinal de contas, viver é mudar sempre!

 

 

 

 

 

 

Elaine Rodrigues

( (11) 7852-7279 / 7304-5397

*elaine.rodrigues@adamantinus.com.br

www.adamantinus.com.br         

Skype: coachelainerodrigues

 

 

Sócia-Diretora da Adamantĭnus Performance Coaching, há 13 anos atua em Desenvolvimento de Liderança. Bacharel em Administração de Empresas com Habilitação em Gestão Empresarial e Negócios com Especialização em Gestão por Competências pela Fundação Getúlio Vargas. Master Practitioner em Programação Neurolinguística pelo Instituto de Desenvolvimento Pessoal e Profissional e Certificada Internacionalmente em Coaching pela Sociedade Latino Americana de Coaching. Co-autora do livro Leader Coach e Coaching na Prática pela Editora França.

Escolhas conscientes , Vida incrível!  

Por Elaine Rodrigues

 

 

 

“Você não pode mudar a direção do vento,

mas pode ajustar suas velas para sempre

alcançar seu destino.” Jimmy Dean

 

 

Grande parte da humanidade passa a vida inteira acreditando que os resultados de sua vida foram obra do acaso. Interessante e assustador imaginar que uma vida seja como um barco em alto mar que pode seguir para um ou para outro destino por obra do acaso e tudo bem. Faz-me lembrar da célebre frase: “Para quem não sabe para onde quer ir qualquer caminho serve.” De Alice no país da maravilhas.

E por que essas pessoas pensam e agem dessa forma? A resposta é direta e pouco atraente.

A maioria das pessoas escolhe esse caminho por que é o mais fácil. Afinal de contas depositar a responsabilidade por seus erros e acertos, fracassos e sucessos, tristezas ou alegrias nas mãos do destino, do universo, de obra divina ou de outras pessoas dá uma falsa impressão de conforto que pode durar a vida inteira e nem se dão conta. “Se não fui eu, a responsabilidade não é minha.” É um caminho mais fácil do que trilhar um caminho de escolhas conscientes que naturalmente é mais trabalhoso. É mais fácil e também mais arriscado e ao longo do tempo prejudicial, pois ao se dar conta, cedo ou tarde; a verdade vem à tona. E você descobre que não se sente feliz, plenamente realizado por que viveu ao acaso, de acordo com as escolhas do acaso e, portanto não viveu sua vida como gostaria.

Eu o (a) convido a fazer um exercício rápido. Imagine-se com 80 anos comemorando seu aniversário. Então, do que você tem motivo para se orgulhar? Quais foram as suas conquistas? Quem são as pessoas que estão aí ao seu lado? Que contribuição você acredita ter feito a diferença na vida de outras pessoas? Você realizou seus sonhos? Qual é o sabor dessa vida?

Quantas pessoas você já conheceu ou conhece nessa fase da vida? Você já conversou com essa pessoa? Recomendo que faça isso quando tiver oportunidade e você observará que pessoas de sucesso fizeram escolhas conscientes e a primeira delas foi: “Eu estou no comando da minha vida e faço minhas próprias escolhas!”

Ora, você faz escolhas o tempo todo em coisas corriqueiras. Você escolhe se vai sair ou ficar em casa, escolhe a cor da roupa que vai usar, escolhe se vai ouvir música ou assistir um filme, se vai ao cinema ou dançar, se vai por um caminho ou por outro. Então qual a diferença? A diferença é que você assim como a maioria das pessoas faz essas escolhas no piloto automático e quer saber a novidade?

Até essas pequenas escolhas do dia a dia podem ser tornar escolhas melhores se você tiver razões que o motive. Quer um exemplo?

Você faz isso todos os dias correto? Agora se aquela pessoa especial por quem você é completamente apaixonado (a) o (a) convida para sair, o que muda em suas escolhas?

Você muito provavelmente fará escolhas conscientes e, portanto melhores. Você então escolhe a melhor roupa, o melhor lugar, o melhor programa a dois, o melhor caminho e até as melhores coisas para se dizer. E por quê? A resposta é simples, porque você quer algo, você tem um ou mais objetivos em mente e por isso encontra motivação, ou seja, sai do piloto automático, assume o comando, para, pensa e elabora um plano de ação.

Agora, você tem o poder de levar essa capacidade para níveis mais elevados de sua vida. É um exercício diário e o resultado você observa em relacionamentos mais saudáveis, carreira de sucesso, qualidade de vida entre outros inúmeros benefícios.

Então, como seria se utilizasse essa estratégia em outras áreas da sua vida?

As escolhas tolas são concessões simplificadas que nos impedem de pensar com criatividade. Uma pessoa que se conhece, conhece sua missão, seu nível de contribuição, estabelece suas metas faz escolhas conscientes e conseqüentemente melhores por que estão conectadas com algo maior. Essa condição potencializa os recursos e estratégias pessoais e proporciona a busca por opções mais criativas. E coisas incríveis acontecem quando você está conectado com suas metas.

É como no exemplo anterior, quando você sai com aquela pessoa por quem é completamente apaixonado (a) e tem uma noite incrível. Você conhece a sensação! A pessoa que vive uma vida de escolhas conscientes experimenta essa sensação em todas as áreas de sua vida todos os dias. É a conexão máxima com o futuro de sucesso que deseja ter.

 

Então, que tal ter uma vida incrível? Lembre-se não fazer escolhas já é uma escolha. Você já escolheu ler esse artigo, eu o desafio a levar essa escolha para sua vida prática e observar os resultados. Você pode se surpreender!

 

 

 

 

Elaine Rodrigues

( (11) 7852-7279 / 7304-5397

www.adamantinus.com.br 

*elaine.rodrigues@adamantinus.com.br

www.efeitoborboletas.zip.net

*erodrigues2@yahoo.com.br

Skype: coachelainerodrigues

 

Sócia-Diretora da Adamantĭnus Performance Coaching, há 13 anos atua em Desenvolvimento de Liderança. Bacharel em Administração de Empresas com Habilitação em Gestão Empresarial e Negócios com Especialização em Gestão por Competências pela Fundação Getúlio Vargas. Master Practitioner em Programação Neurolinguística pelo Instituto de Desenvolvimento Pessoal e Profissional e Certificada Internacionalmente em Coaching pela Sociedade Latino Americana de Coaching. Co-autora dos livros Leader Coach e Coaching na Prática pela Editora França.

 "A verdadeira mágica humana é a capacidade de criar, agir e mesmo diante das dificuldades no caminho chegar onde quer e realizar o que deseja. Ninguém tem poder para mudar quem você é ou impedi-lo de fazer o que deseja. Esse poder só pertence a você." Por Elaine Rodrigues

"Todo discurso é lindo na teoria, toda prática requer ação além das palavras, todo comportamento revela o que realmente se é em seu interior." Por Elaine Rodrigues.

"A integridade do ser humano pode ser observada na forma como pratica suas palavras." Por Elaine Rodrigues

"A pior prisão do mundo é aquela que você cria para sua mente." Por Elaine Rodrigues.

"Quando o preconceito é eliminado é possível encontrar no outro um caminho rico de aprendizagem." Por Elaine Rodrigues

"Toda decepção gera um aprendizado conectado no futuro que só se compreende quando a realidade chega." Por Elaine Rodrigues

"Flexibilidade é encontrar verdadeiramente o contra ponto no outro respeitando as diferenças que nos tornam igualmente únicos." Por Elaine Rodrigues.

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, SANTO ANDRE, CIDADE SAO JORGE, Mulher, de 26 a 35 anos, Livros, Música, Saúde e Beleza
Yahoo Messenger -